Home

584.   Kanzi, o Chimpanzé Bonobo Aprende Por Si Mesmo a Criar Ferramentas


  Um chimpanzé bonobo mundialmente famoso conhecido por sua habilidade com linguagem de sinais está um passo mais próximo da humanidade – ao aprender a criar ferramentas.

  Kanzi, com 31 anos de idade, é capaz de entender e de se comunicar com humanos e acredita-se que entenda em torno de 500 palavras – 30 a 40 das quais ele usa diariamente.

  Agora ele assombrou pesquisadores do Great Apes Trust em Des Moines, Iowa, ao criar suas próprias ferramentas durante uma tarefa de retirar comida de um container.

  New Scientist informa : “Kanzi, o bonobo, continua a impressionar”

  “Não contente em aprender a linguagem dos sinais ou criar ‘palavras’ para coisas como banana ou suco, ele agora parece capaz de fazer ferramentas de pedra em igualdade com os esforços dos primeiros humanos.

  A fabricação de ferramentas foi parte de um exercício inventado por Eviatar Nevo, da Universidade de Haifa em Israel.

  Ele e seus colegas colocaram comida dentro de um toro selado, imitando a medula escondida dentro de ossos longos, e então observaram como Kanzi tentou abordar o problema.

  Seu companheiro bonobo partiu para a abordagem das tentativas : repetidamente batendo com o tronco no chão com o objetivo de alcançar a comida em seu interior.

  Mas Kanzi seguiu uma abordagem diferente, construindo as ferramentas que se acredita os primeiros humanos descobriram a dezenas de milhares de anos atrás.

  Enquanto seu companheiro somente conseguiu quebrar dois toros, Kanzi teve sucesso em penetrar 24 dos troncos com petiscos, usando uma variedade de métodos.

  Kanzi usou as ferramentas que ele criou para lidar com os toros em uma variedade de maneiras : inserindo gravetos nas emendas do tronco, lançando projéteis nele, e empregando lascas de pedra como lâminas, brocas, e raspadeiras. No final, ele obteve comida de 24 toros, enquanto seu companheiro conseguiu apenas de dois.

  Acredita-se que as lâminas e raspadeiras inventadas por Kanzi sejam similares às ferramentas que os homens criaram enquanto caminhavam para a civilização, alimentando o debate sobre se a capacidade de fazer ferramentas é a marca da cultura humana moderna – ou se é alguma coisa também inata em outras espécies.

  Ambos, Kanzi e seu companheiro foram ensinados a quebrar lascas na década de 1990 usando uma pedra e um martelo, mas o resto da criação de ferramentas parece ser iniciativa própria de Kanzi.

  Kanzi é um de oito bonobos aos cuidados da Dra. Sue Savage-Rumbaugh, uma entre os principais especialistas mundiais em comportamento de macacos e linguagem.

  Ele havia sido ensinado previamente a riscar fósforos e acender fogos.

  A Dra. Savage-Rumbaugh, do Great Ape Trust, acrescenta : Kanzi acende um fogo porque ele quer.

  Ele costumava assistir o filme ‘A Guerra do Fogo’ quando muito jovem, e que era sobre a luta dos primeiros humanos para controlar o fogo.

  Ele o assistia encantado por centenas e centenas de vezes.

  Ele era também fascinado pelas fogueiras de acampamento que seus responsáveis acendiam para preparar comida.

  E ele foi encorajado a interagir com humanos e copiá-los.

  Com a idade de cinco anos, ele estava fazendo pequenas pilhas de varetas de ossos secos.

  Ele foi ensinado a usar fósforos, uma habilidade que ele dominou rapidamente.

  Há alguma coisa estranha em observar Kanzi riscar um fósforo.

  O modo como ele então usa a chama – tomando cuidado para não se queimar – é remarcadamente humano.

  Kanzi, que pesa 76 quilos (12 stones = 168 pounds ou libras), é o mais brilhante dos macacos no Great Ape Trust.

  Com outros dois macacos no centro, ele usa ‘teclados’ de papel para se comunicar com a Dra. Savage-Rumbaugh e a colega primatologista Liz Pugh.

  Em conversa com as pesquisadoras ele aponta os símbolos no ‘teclado’, conhecidos como lexigramas, representando diferentes palavras.

  Ele aprendeu a dizer em torno de 500 palavras através do ‘teclado’, e entende 3.000 palavras faladas.

  Bonobos são uma das espécies mais ameaçadas e existem em torno de 10.000 a 50.000 vivendo em liberdade, todos na República Democrática do Congo na África.

  Eles partilham 98 a 99 por cento do seu DNA conosco.

  New Scientist especulou : ‘As habilidades de Kanzi se estendem a todos os bonobos ? É difícil dizer.’

  As habilidades de animais como Alex o papagaio, que supostamente podia contar até seis, e Betty o corvo, que fazia um gancho a partir de um fio, algumas vezes sugerem alegações sobre a inteligência de uma espécie inteira.

  Mas desde que estes animais cresceram em ambientes não naturais onde eles freqüentemente interagem com humanos, seus casos podem ser muito particulares pra extrapolar seus talentos para seus irmãos.”

Fonte : Daily Mail, 23/08/2012

Autor : Eddie Wrenn



Kanzi pega um dos toros, que contém petiscos em seu interior, e começa a desbastá-lo para abrir.

Lasca usada para cavar e desenterrar comida.

Fazendo uma ferramenta com lasca para extrair comida escondida em um tronco. Kanzi também usou lascas para desenterrar comida enterrada, depois de fazer a ferramenta arrancando fragmentos de uma pedra.

Cozinhando com inteligência : o chimpanzé procura o lugar perfeito para uma fogueira de acampamento e então empilha cuidadosamente gravetos sobre uma camada de folhas secas.

Suas mãos parecem quase humanas quando ele risca um fósforo.

Com um ar de satisfação, Kanzi observa a fumaça começar a subir quando o fogo toma força.

E para sobremesa... ele enfia um marshmallow em um longo galho e o tosta com cuidado, estando certo de não ter seus dedos queimados.



Veja também um vídeo disponível na página do Daily Mail : Kanzi the bonobo makes tools with stones and uses them


Bonobo makes and uses tools like early humans (New Scientist, 21/08/2012)

VÍDEO REMOVIDO OU ENDEREÇO ALTERADO NA FONTE


Veja também:

The incredible moment a chimpanzee learns how to play rock, paper, scissors as well as a four-year-old child (Daily Mail, 10/08/2017)

<p align="center"> <font face="tahoma" size=4> <a href="Menu_alternativo.htm" target="_top"> <font color="ff0000">Voltar para o Menu Alternativo</font> </a> </font> </p>