Home

942.   Podemos Viajar Para Marte em Apenas Três Dias ?

Propulsão fotônica da NASA usa lasers para produzir impulso


  Uma tecnologia que aproveita a energia da luz poderia ser a chave para diminuir o tempo das viagens a Marte de anos para apenas uma questão de dias.

  Um grupo de físicos na Califórnia está trabalhando em uma sonda que poderia levar a uma tecnologia para alcançar Marte a velocidades muito maiores do que é possível atualmente.

  A resposta para alcançar isto poderia estar no que é conhecido como propulsão fotônica, uma técnica que usa luz de lasers para produzir impulso para a propulsão de espaçonaves.

  Embora a tecnologia que a equipe está criando esteja voltada para sondas extremamente pequenas, algum dia ela poderia inspirar a criação de espaçonaves maiores que viajariam rapidamente para Marte.

  O Professor Lubin e sua equipe da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, estão trabalhando no programa Directed Energy Interstellar Precursors (Deep-In).

  O programa objetiva criar sondas capazes de alcançar velocidades relativísticas e viajar até as estrelas mais próximas.

  Uma velocidade relativística é uma velocidade que alcança um percentual significativo da velocidade da luz.

  “Sabemos como alcançar velocidades relativísticas no laboratório, fazemos isso o tempo todo”, disse Lubin no Simpósio Nacional de Conceitos Avançados Inovadores (NIAC).

  “Quando vamos para o nível macroscópico, coisas como aeronaves, carros, espaçonaves, são pateticamente lentos.”

  O Professor Lubin está planejando fechar o intervalo entre o pequeno e o grande, usando tecnologia de propulsão fotônica.

  A teoria é simples; o impulso de fótons emitidos por um sistema de lasers poderia ser usado para propulsionar uma espaçonave.

  Todas as espaçonaves operam disparando seu propelente na direção oposta àquela que desejam viajar.

  Tradicionalmente este propelente são gases provenientes da queima de combustível que deve ser transportado a bordo da espaçonave, tornando-a mais pesada e diminuindo sua velocidade.

  No lugar disto, a propulsão fotônica usa um sistema de lasers, que não adiciona massa à espaçonave, a não ser a dos próprios lasers.

  Isto permite acelerar durante mais tempo e alcançar velocidades maiores.

  Em teoria, isto poderia ajudar a levar aeronaves até velocidades relativísticas.

  O Professor Lubin não especificou que proporção da velocidade da luz a tecnologia permitiria alcançar, embora ele tenha dito que poderia ser tanto quanto um quarto.

  O lançamento em órbita poderia também ser mais lento na partida e durante a descida, por exemplo.

  Como resultado, o professor disse : ”Poderíamos propelir uma aeronave de 100 quilos a Marte em uns poucos dias. Em comparação um ônibus espacial levaria aproximadamente um mês para chegar lá”, disseram os pesquisadores.

  O Professor Lubin estava fazendo referência ao veículo espacial do Sistema de Lançamento Espacial (SLS) da NASA.

  Para comparação, “o SLS quando decolar terá uma potência entre 50 e 100 GW para colocá-lo em órbita”, disse o Professor Lubin.

  Quando construído em 2018, lançará astronautas na espaçonave Orion da agência em missões para um asteróide na órbita lunar, e eventualmente a Marte.

  “Para alcançar velocidades relativísticas, usando diferentes tecnologias, gastar-se-ia a mesma quantidade de energia durante aproximadamente o mesmo tempo”, continuou o Professor Lubin.

  O Professor acrescentou que a tecnologia é “completamente escalável” de modo que poderia ser usada em espaçonaves pequenas e grandes.

  “Não estamos propondo sistemas para enviar humanos a distâncias interestelares”, disse ele ao DailyMail.com sobre o projeto atual.

  “Humanos são extremamente frágeis e exigem um monte de apoio. Missões robóticas são muito melhor adequadas para a exploração interestelar no futuro.”

  Outro conceito para um motor sem combustível é o Propulsor EM (e aqui) da NASA.

  O “impossível” motor sem combustível poderia levar humanos a Marte em apenas 10 semanas.

  O assim chamado Propulsor EM cria impulso fazendo ricochetear microondas em volta de uma câmara fechada, e usa apenas energia solar.

  Novembro passado, a NASA realizou a primeira atualização do teste em meses, e o resultado pareceu sugerir que o futurístico motor funciona de fato.

  Em acréscimo a sistemas na escala de um biscoito pesando não mais que uma grama, a equipe do Professor Lubin está considerando espaçonaves maiores capazes de transportar humanos.

  Isto significa que elas poderiam, em teoria, permitir que humanos viajassem a velocidades acima de um décimo da velocidade da luz.

  Quando são alcançadas velocidades relativísticas, os efeitos descritos pela Teoria da Relatividade de Einstein começam a aparecer.

  O tempo passaria mais devagar para humanos a bordo destas espaçonaves, fazendo-os envelhecer mais lentamente.

  A Relatividade descreve o conceito de dilatação do tempo, que sugere que quanto mais rápido você viaja, mais lentamente o tempo passa.

Fonte : Daily Mail, 19/02/2016

Autor : Abigail Beall

Nota 1 do Site : Incluímos este artigo no site apenas como futura referência, pois nenhuma informação mais relevante é fornecida sobre o trabalho da equipe do Dr. Lubin. Ficamos sem saber em que estágio exatamente está o projeto da sonda.



A propulsão fotônica é uma técnica que usa luz de lasers para produzir impulso (na ilustração)

Todas as espaçonaves operam disparando seu propelente na direção oposta àquela que desejam viajar. Tradicionalmente este propelente são gases provenientes da queima de combustível. A propulsão fotônica usa um sistema de lasers, o que significa que nenhum combustível precisa ser transportado pela espaçonave. Isto permite acelerar durante mais tempo e alcançar velocidades maiores (ilustração)

Em acréscimo a sistemas na escala de um biscoito pesando não mais que uma grama, a equipe do Professor Lubin está considerando espaçonaves maiores capazes de transportar humanos. A ilustração mostra a concepção artística de uma vela impulsionada por laser

<p align="center"> <font face="tahoma" size=4> <a href="Menu_alternativo.htm" target="_top"> <font color="ff0000">Voltar para o Menu Alternativo</font> </a> </font> </p>