Home       Sua Opinião?

987.   A Farsa da Nova "Múmia" Peruana


  Há poucos dias foi noticiada a descoberta de uma múmia com aparência alienígena (mais uma!!) no Peru. O caso foi amplamente divulgado em sites e blogs conspiracionistas e de ovniologia, chegando a aparecer na mídia mais popular, como o Daily News. Parece que dessa vez o grupo que está promovendo a fraude é mais bem organizado e tem conseguido sucesso em manter o seu público interessado (ou iludido?). Por isso resolvemos colocar no site uma página sobre o assunto, para que os internautas tenham mais uma referência séria sobre o mesmo em língua portuguesa.



“Múmia Alienígena” de Nazca Revelada em Vídeo Promocional Apresentando um Fraudador Contumaz

Tradução de Artigo do Site Doubtful News


Atualização: Como eu disse originalmente, com um número de pessoas muito ignorantes me insultando por isto, a múmia foi considerada como sendo um hoax por especialistas que dizem que é claro que múmias reais estão sendo manipuladas para parecerem estranhas e exóticas pela adição de ossos extras. Veja o acréscimo abaixo da história original.

  Vocês sabem, nosso slogan costuma ser “as pessoas realmente acreditam nessas coisas” e eu sempre fico pasma ao ver quantas vezes um indivíduo pode ser apanhado promovendo hoaxes revoltantes e ainda prosseguir com muitos caindo em suas absurdas afirmações de novo e de novo. Eles querem acreditar que houve uma influência alienígena (não humana) na história da América Latina. É simplesmente bizarro. A última é uma “múmia alienígena” de aparência incrivelmente falsa que foi dito ter sido encontrada no Peru.

Imagem por captura de tela de um vídeo do alienígena. Nenhuma outra documentação está atualmente disponível

Tomografia axial computadorizada (TAC) do corpo. Imagem por captura de tela

  A “múmia” tem as proporções de um humano – dois braços, duas pernas – com várias características estranhas incluindo uma cabeça alongada e três dedos nas mãos e pés. O corpo está coberto por um “pó” branco que os pesquisadores dizem ter secado o corpo, mas para os observadores mais terra a terra, parece com argamassa. Gaia liberou um vídeo mostrando “cientistas” examinando o corpo com uma equipe de câmera. Esta é a única documentação do corpo. A equipe inclui o infame promovedor de UFOs Jaime Maussan que, sem confirmação de que o ser é real ou não (e, vamos admitir, ele é tão facilmente ludibriado), chamou-o “uma das mais importantes descobertas do século XXI”. Maussan, que é identificado como um “bem respeitado jornalista que perdeu toda a sua credibilidade ao longo dos anos ao promover ridículas fraudes como genuínas”.

A descoberta foi anunciada pelo site Gaia.com que promove história alternativa e metafísica, e descreve a si mesmo como “uma comunidade de investigadores, potencializando um ao outro no caminho de uma vida consciente. Juntos, podemos despertar a evolução da consciência”

  Bandeiras vermelhas para esta descoberta incluem:

- Maussan estar envolvido (Veja também aqui, e aqui).
- A óbvia aparência de argamassa da múmia.
- A revelação pela Reportagem Especial “Desenterrando Nazca” pelo site Gaia sem nenhum sinal de um perito de reputação científica.
- Uma equipe fechada de pesquisadores com pontos de vista alternativos que vão contra a ciência predominante.
- Nenhum resultado científico confirmado ou testado novamente porque não se tornou disponível para ninguém mais.
- Nenhuma documentação de localização, contexto, ou descoberta.
- Promoção do caso como sendo uma descoberta fantástica que vai “mudar tudo”.
- Nenhuma publicação em periódico de ciência.

  Foi dito que o espécime foi testado e revelou uma idade de 245-410 d.C., o que não é uma idade impraticável para uma múmia atual. O método de teste não foi divulgado. O espécime não está disponível para exame. Não há um perito em múmias peruanas preservadas na equipe de pesquisa. A configuração da mão de três dedos não é encontrada em lugar nenhum da natureza, mas nós a vimos em um outro objeto peruano falsificado que segue o mesmo roteiro não documentado de promoção. Lembram da "garra alienígena"? Ela tem uma cobertura similar parecendo argamassa. Os pesquisadores também ligaram os três dedos a petróglifos que mostram humanóides de três dedos. Suspeito que essa é uma característica estilística e estou aguardando a opinião de peritos verdadeiros (se eles alguma vez se preocuparem em comentar uma tal exibição desleixada e patética).

Raio X do crânio. Imagem por captura de vídeo

  Tem havido outras “múmias” falsificadas e alienígenas preservados ou criaturas reveladas como falsas. É facilmente concebível que esta é uma fabricada cuidadosamente (ou não tão cuidadosamente), até mesmo um esqueleto real manipulado ou outros restos (como muitas sereias falsas). Veja o artigo do site Metabunk sobre isso para idéias sobre apêndices com três dedos.

  Se estamos falando de “alienígena” e corpo ou evidência “falsificados”, não é surpresa que Jaime Maussan esteja por perto. As fraudes anteriores em cuja promoção Maussan esteve envolvido incluem:

- Fada demônio
- Slides de Roswell
- Criatura de Metepec
- Foto de alienígena de 2005
- História do alienígena de Reed

  Voltando a 2016, o acadêmico bíblico Dr. Michael S. Heiser disse: “Nunca se deve acreditar em Jaime Maussan. Nunca. Ele é um perpetrador de fraudes recorrente.”

  O que nós temos é um grupo de pessoas com uma agenda não convencional promovendo um artefato questionável que eles desejam usar para alterar a percepção do público sobre a história humana. Mas um artefato que você mantém para si mesmo e para todos os intentos e propósitos grita FALSO não fará isto. Até agora essa história não foi aceita pela imprensa dominante, mas deu a ela mais uns poucos dias. Os tablóides regurgitarão essa história não confirmada e de evidência altamente dúbia com muito prazer e ceticismo zero.

  Esperamos respostas de comentadores entendidos para fornecer informação adicional.

Adição (24/06/2017): O arqueólogo Jeb Card me apontou esta reviravolta na história. Há DUAS múmias. Um site peruano postou hoje que eles contataram um cientista credenciado da Universidade Nacional Mayor de San Marcos, Rodolfo Salas-Gismondi. Ele diz que uma pessoa chamada Ronceros, tentou interessar os especialistas em outra múmia que é diferente da múmia de Maussan. Ele também fez um vídeo dizendo que era um alienígena. Mas depois mudou sua história para dizer que era uma representação de alienígenas feita por nativos com a utilização de ossos reais. Ninguém ficou interessado na história depois que foi confirmado por um arqueólogo verdadeiro que a múmia de Ronceros era falsificada.

A múmia falsificada de Ronceros. Note que ela tem a mesma cobertura que a “garra alienígena” e a múmia de Maussan

  E deste modo podemos fechar a questão com segurança e conclusivamente se são “alienígenas”. Elas não são. São artefatos manipulados. Mas permanecem questões como porque e como foram criadas. O artigo citado, escrito pelo Dr. Nahuel Monteblanco, atacou o fato de que tesouros arqueológicos nativos e a história estão sendo pilhados por tais deploráveis fraudadores.

Fonte : Doubtful News, 21/06/2017

Autor : idoubtit



  O site Snopes.com comentou a notícia, mas optou por uma abordagem cética:

Did Researchers Find a Mummified, Three-fingered Alien in Nazca, Peru?

The purported discovery is backed by individuals with a history of making false, pseudoscientific claims

“...

Dr Konstantin Korotkov (e aqui), who says with certainty in the Gaia video that the Nazca mummy “belongs to another creature,” also claims to have invented a camera that can photograph the soul and has previously made a host of pseudo-scientific pronouncements about the measurement of “auras,” such as this one:

  If we send positive emotions, if we send love to each other, then we increase not only the other person’s energy field, but our own energy field.

  Finally, Gaia.com (formerly known as Gaiam TV) web site has a long history of providing a platform for false and spurious pseudo-science, conspiracy theories, and paranormal claims. The company charges $95.40 per year for unlimited access to videos about remote viewing, contact with angels, alien abduction, crop circles, and the like.

  ...”


Fonte : Snopes.com, 21/07/2017



Veja outro artigo: Suspicacias sobre el video de la supuesta momia extraterrestre de Nasca (rpp noticias, 22/06/2017)


Nota 1 do Site (30/06/2017): A conhecida repórter investigativa Linda Moulton Howe já entrevistou a Sra. Melissa Tittl, Diretora de Conteúdo Original do site Gaia (veja aqui a reportagem original, aqui e aqui em portugues). Logo no início ela explica que foi o Sr. Jaime Maussan que comunicou a descoberta da “múmia” à Gaia, dando assim início ao caso:

June 27, 2017 Albuquerque, New Mexico - On June 20, 2017, Gaia.com in Louisville, Colorado, released a YouTube video entitled, “Special Report: Unearthing Nazca”. [ See Websites below this report.] In the spring of 2017, Mexico City investigative journalist Jaime Maussan, who produces Tercer Milenio TV, contacted Gaia about his learning that “a bunch of weird bodies” had been found underground not far from Nazca, Peru. The bodies were weird because there were no ears, only holes in the sides of the elongated heads, and the narrow hands had only 3 long fingers and the feet had 3 long toes.”



Nota 2 do Site (01/07/2017): Uma questão óbvia é porque os especialistas peruanos não foram chamados desde o início? Esse é mais um detalhe duvidoso neste caso já suspeitíssimo. De qualquer modo, o Ministério da Cultura peruano já realizou uma investigação preliminar, que concluiu (Peru21.pe, 27/06/2017):

“Las conclusiones de las pericias a cargo del licenciado Alberto Alfredo Urbano Jaciento, encargado de Monitorio Yacimientos Arqueológicos Nasca y Palpa de la Oficina de Coordinación de la Dirección Desconcentrada Ica-Nasca, están incluidas en el informe N°010-2017-Arqlo OCN-DDC-Ica/MC de fecha 22 de marzo de 2017 en el que señala lo siguiente:

1.No ha sido posible determinar el carácter arqueológico o no arqueológico del sitio (entre las provincias de Nasca y Palpa) por desconocer la ubicación específica del mismo).

2. No ha sido posible determinar que los especímenes o artefactos hallados (de ser ciertos) que se muestren en los diversos links de videos (hace referencia a grabaciones compartida por redes sociales) tienen la condición de evidencia alienígena o estén asociados a evidencia de carácter arqueológico”.

Cabe precisar que las conclusiones del informe versan no solo sobre el reportaje de Gaia sino además de otras videos publicados por otros grupos y usuarios de Youtube como ‘Now you know UF’, ‘Universo Infinito’, ‘Tyler Cusco’ y otros videos con entrevistas sobre extraterrestres a Thierry Jamin, presidente de la ONG Inakri Cusco-Perú.

Es necesario indicar que Jamin se comunicó con el Ministerio de Cultura sobre “restos momificados posiblemente de origen alienígena” y quien advirtió que las personas que los hallaron utilizan “nombres falsos o seudónimos”.

Según indica el informe de Urbano, estas personas aseguraron que tienen más de “20 momias” del mismo tipo. En varias de las comunicaciones, hacen referencia a los extraterrestres como “hermanos mayores”, “starchilds (hijos de las estrellas) y señalan frases como “parece que nos quieren decir al mundo (…) que no estamos solos).

Cabe mencionar que el Ministerio de Cultura indicó que las presuntas excavaciones realizadas son tema de investigación del Ministerio Público por haberse cometido el “delito de Atentados contra Monumentos Arqueológicos” y que lleva el número de expediente 143-2017.”

  E segundo o site Living in Peru, a Científicos.pe, organização de apoio da investigação científica no Peru, já publicou dois artigos (aqui, e aqui) sobre a investigação conduzida por cientistas peruanos, como o Ph.D. Rodolfo Salas-Gismond do Departamento de Paleontologia de Vertebrados do Museu de História Natural da Universidade de São Marcos. No segundo artigo o Dr. Salas-Gismond conclui tratar-se de uma falsificação obtida a partir de uma múmia autêntica e expressa sua preocupação pelos danos causados ao patrimônio arqueológico peruano por parte de aventureiros.

Conclusiones: Concluyo que los tres dedos en la mano son el resultado de retirar falanges y metacarpos de los dedos I (pulgar) y V (meñique). Los dedos se observan alargados porque se ha cortado la piel a lo largo de la palma de la mano original; de esta manera los metacarpos, usualmente ocultos dentro de La palma de las manos humanas, contribuyen a la longitud de los dígitos en este individuo. Otras características del espécimen indican que se trata de una momia arqueológica pre-hispánica. Las edades radiométricas indicadas por Maussan em uno de los videos, que fluctúan entre 1000 y 1800 años de antigüedad son absolutamente consistentes con la condición arqueológica de la momia, pero no son evidencia de la autenticidad “alienígena” del individuo. Por el contrario, estos resultados radiométricos probarían que estos son bienes arqueológicos y que han sido dañados. Los pies habrían sufrido las mutilaciones de los dígitos I y V, además del corte de la piel y tejido blando del pie detrás de los dedos, produciendo un pie con dedos extremadamente largos, sin planta unificada de apoyo y funcionalmente inútiles.



Nota 3 do Site (08/07/2017): Em 08/07/2017 a organização Científicos.pe liberou novo artigo sobre a questão das múmias. Nele pouco se fala especificamente da múmia de Nazca, a maior parte se destina a desmentir alegações do Sr. Maussan e sua equipe. O primeiro parágrafo é bem esclarecedor sobre o que é a verdadeira pesquisa científica:

  “Queremos ser claros. Los científicos formados para hacer investigación al más alto nivel trabajamos siguiendo protocolos establecidos que reduzcan el riesgo al error en nuestras mediciones de laboratorio, fabricación de nuevos dispositivos, análisis de materiales, etc. Una vez reducidos esos riesgos, los investigadores describimos detalladamente en reportes y publicaciones nuestros resultados, métodos y procesos, para que sean evaluados, criticados, destruidos o aprobados por un grupo de especialistas en el tema.  Estos últimos con trayectoria y prestigio internacional, ganados por el número de patentes, publicaciones, dirección de tesis doctorales, etc. En ningún caso, el investigador que presenta un manuscrito a evaluar, tiene conocimiento de quienes son sus revisores, y ellos tampoco conocen a los otros revisores asignados. Esto es lo que se llama “revisión por pares”, un proceso pensado para emitir un veredicto lo más imparcial posible. Puede ser que no tenga un sentido coherente, puede que hayamos cometido errores de concepto, o durante los experimentos, etc. En el mejor de los casos tendremos una publicación que compartir con la comunidad internacional. La ciencia y el conocimiento avanza por la discusión y el aporte de los científicos. Es por ello que nadie debe extrañarse por la aparición de críticas, hipótesis o apoyo en el caso de las supuestas momias extraterrestres.”

  Nada disso foi feito no caso da múmia de Nazca. Só o Sr. Maussan e sua equipe têm acesso à múmia, sua procedência não foi revelada, e nenhum documento que a comunidade científica internacional pudesse examinar foi emitido. O novo artigo termina assim:

  “A esta evidencia anatómica, que contradice la autenticidad de estos restos, debemos sumar que nadie conoce su procedencia exacta, que tampoco se conoce al descubridor, que todos los restos permanecen ocultos, y que alteraciones sobre restos arqueológicos han ocurrido anteriormente en la zona de Ica y Nasca.”



Nota 4 do Site (13/07/2017): Em 11/07 o Sr. Jaime Maussan realizou uma conferência com a imprensa que foi transmitida pela Tercer Milenio TV (www.facebook.com/tercermileniotv/videos/1097218230378583). Continua tudo na mesma, já que a comunidade científica permanece alienada da “pesquisa”, e nenhuma documentação foi liberada ainda.

  Por outro lado, em 10/07, a organização World Congress on Mummy Studies divulgou uma nota de repúdio contra as fraudes e a exploração comercial das múmias peruanas (veja aqui).



Nota 5 do Site (14/07/2017): A mídia popular noticiou (veja aqui, e aqui) a conferência para a imprensa em 11/07, mas os protestos dos cientistas peruanos sobre o circo armado pelo Sr. Maussan e o site Gaia continuam sendo ignorados.



Nota 6 do Site (18/07/2017): O Sr. Jaime Maussan deu uma curta entrevista no dia 17/07 para a RT.



Nota 7 do Site (29/07/2017): O Sr. Maussan deu nova entrevista, segundo consta no site do Express, com data de 26/07/2017. Ele declarou que a pessoa que conhece a caverna onde estão as múmias se chama Mario, mas que este se recusa a dar entrevistas ou mostrar o local da tumba. As múmias teriam sido repassadas à equipe de Maussan pelo arqueólogo francês Thierry Jamin, presidente do Instituto Inkari, sediado em Cusco. Novo vídeo liberado pelo Gaia.com mostra supostamente a entrada da tumba e restos ali encontrados:

  A matéria também menciona dois investigadores de UFOs, Steve Mera e Barry Fitzgerald, que dizem representar oficialmente o Instituto Inkari. Eles também estariam investigando o assunto. Portanto, tudo continua na mesma, apenas conversa fiada e vídeos que têm valor nulo para a comunidade científica mundial.

  Veja também:

The Mystery of the 'mummified aliens of Nazca' should 'change world history' (Express, 28/07/2017)


Nota 8 do Site (29/08/2017):

Nazca tomb SHOCK CLAIM: Tests carried out on 'dead alien baby found in Peru crypt' (Express, 27/08/2017)

‘Aliens’ found living where ‘mummified ETs discovered’ in Nazca tomb, Peru (Express, 29/08/2017)

Nazca Tomb: Shock 'Roswell link' made in '20 alien bodies found in tomb' probe (Express, 29/08/2017)



Veja também:

Hoax? Three Fingered Nazca Mummy (Metabunk.org, 21/06/2017)

La momia falsificada de Nazca (La Mentira Esta Ahi Fuera, 25/06/2017)

Múmia alienígena de 3 dedos encontrada no Peru! Será verdade? (E-Farsas, 25/06/2017)

No site em 30/06/2017

Atualizado em 01/07/2017, 08/07/2017, 13/07/2017, 14/07/2017, 18/07/2017, 29/07/2017, 29/08/2017



debunking desmascarando a farsa hoax da múmia peruana de nazca com tres dedos

<p align="center"> <font face="tahoma" size=4> <a href="Menu_alternativo.htm" target="_top"> <font color="ff0000">Voltar para o Menu Alternativo</font> </a> </font> </p>